IRIS


Ela é uma sedutora,a própria femme-fatale...Essa é Iris. Certa vez, quando vai  trocar o pneu de seu carro e espontaneamente  pede mais ao mecânico, muito mais: que ele a seqüestre e peça o dinheiro ao marido e fique com o resgate somente para ele mesmo. O marido ,um banqueiro, é horrível para com ela,diz. Seria uma vingança...
Bem...o filme começa mesmo  com ela almoçando  com  marido em um clima extremamente romântico. Enquanto ele paga com  cheque, ela vai fumar fora do restaurante,chove muito em Paris. Minutos depois, ela desapareceu.O marido sai para fora e cadê a mulher? Pronto.O enredo está em movimento. Uma foto dela amarrada e amordaçada é enviada para o banqueiro que está perturbado, uma demanda por dinheiro é feita. Mas algo corre mal na queda: os seqüestros falsos são mais complicados do que parecem. .

Este filme de língua francesa é denso e com complicações. Sopa de ervilha grossa. Guacamole de espessura.Mas  Charlotte Le Bon, Romain Duris e Jalil Lespert fazem um trabalho impressionante. Eles são o pulso batendo incansavelmente. Iris é linda, atraente e fértil. O ritmo é rápido. Lespert, também é o diretor, tira excelentes performances de suas co-estrelas, necessariamente, uma vez que nem sempre temos tempo para um amortecedor de motivação. Mas é inteligente e um pouco fora do caminho - talvez o encontre no Netflix- se você me perguntar. Sexo, dinheiro, intriga, muita lingerie impertinente: o que mais você quer? . O que mais que você quer incorporado?Sadismo?Tem.
O enredo de Iris é inspirado (mais  diretamente baseado)em Chaos de Hideo Nakata de 2000, um filme japonês, outra nação que gosta de ter suas torções. Ainda mais famoso como ator, especialmente no exterior, por seu trabalho com Laurent Cantet ,no início de sua carreira, Lespert já está no seu quarto esforço de direção aqui, exibido seu filme mais popular até o momento, o biopic clássico Yves Saint Laurent ( não ser Confundido com Saint Laurent de Bertrand Bonello ). Também é o primeiro filme de Lespert como diretor em que ele co-estrela,vai com tudo jogando como o banqueiro e tem sua linda amiga, interpretada por sua estrela de Yves Saint Laurent, Charlotte Le Bon.



Iris deveria ser filmado em inglês, mas a combinação de sexo e ambiguidade finalmente se mostrou muito arriscado ou complexo para o mercado dos EUA e o projeto foi feito no santuário mais famoso do mundo do filme sexy e de arte - que seria ,naturalmente,a  França.Eu gostei.





O filme tem a tradução em inglês no trailer,mas só no trailer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A FOTÓGRAFA ANNIE LEIBOVITIZ, PARA MIM ,A MELHOR!

BORBOLETA NEGRA

COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ